Neste artigo explicamos-te o que muda com a recente atualização dos termos de uso do WhatsApp

Porque está o WhatsApp a mudar os seus termos de utilização?

Como é sabido, o WhatsApp está a atualizar os seus termos de utilização e informações sobre a privacidade, que deverão ser obrigatoriamente aceites sob pena de exclusão da famosa plataforma de mensagens instantâneas.

Inicialmente o prazo final de aceitação dos novos termos foi estipulado para 8 de Fevereiro, mas recentemente o WhatsApp adiou as novas regras por três meses, que entrarão portanto em vigor em medos de Maio.

Trata-se de uma modificação contratual unilateral dos termos que influenciará a forma de utilizar a aplicação em termos indiretos, ou seja, no que respeita à interação entre o WhatsApp e o Facebook.

De fato, esta atualização dos termos permitirá ao WhatsApp partilhar os dados dos seus utentes com as “Empresas afiliadas”, em primeiro lugar o Facebook, que poderá ter então acesso aos dados armazenados no WhatsApp, entre os quais o número de telefone, para uma caracterização mais detalhada dos usuários.

Contudo, a atualização não terá efeitos nos países da União Europeia, onde em termos de proteção de privacidade vigoram regras muito distintas e frequentemente mais rígidas, por via do RGPD, que entrou em vigor em 2018.

Estas novas modificações permitirão ao grupo Facebook partilhar os dados multi-plataforma e lançar novas ferramentas para as empresas que pretendem interagir e envolver mais os seus clientes.

Porque está o WhatsApp a mudar os seus termos de utilização?

O WhatsApp obriga os seus usuários a aceitar os novos termos de utilização: eis porquê

Há bastante tempo que o Whatsapp se vem cada vez mais tornando uma ferramenta para as empresas que querem comunicar com o seu público-alvo. Do mesmo modo, também os utentes esperam poder utilizar o WhatsApp como canal de comunicação com as suas marcas preferidas.

Precisamente para facilitar as empresas, o WhatsApp lançou a versão empresarial da plataforma, ou seja, o WhatsApp Business e as APIs do WhatsApp Business. São soluções que permitem às empresas, de acordo com suas exigências, interagir através da famosa aplicação.

Mais concretamente, as APIs do WhatsApp Business permitem associar o WhatsApp a uma plataforma externa para uma gestão mais estruturada das conversas geradas com os usuários.

Um dos motivos pelos quais o WhatsApp está a obrigar os usuários a aceitar os novos termos de utilização é precisamente este: informá-los do fato de que as conversas poderão ser geridas por plataformas externas, à margem do ambiente Facebook/WhatsApp.

Geralmente, para poder aceder às APIs do WhatsApp Business é necessário fazer um pedido ao Facebook ou a um dos fornecedores selecionados pelo mesmo. Convidamos-te a ler o próximo parágrafo para entenderes as diferenças em relação à versão do WhatsApp Business.

WhatsApp para o negócio: WhatsApp Business e APIs do WhatsApp Business

Como já mencionado acima, estas duas soluções são estudadas para as empresas que têm intenções de obter um maior controlo das suas comunicações através da famosa aplicação de mensagens.

A versão do WhatsApp Business é a versão gratuita oferecida às empresas de pequena/média dimensão, e permite inserir as informações empresariais, incluir um catálogo de produtos e adicionar tags aos usuários.

Infelizmente, a plataforma padrão do WhatsApp Business apresenta várias limitações, entre as quais a impossibilidade de ser utilizada em vários dispositivos ao mesmo tempo. É por isso mais adequada às empresas que geram poucas conversas.

As APIs do WhatsApp Business, por outro lado, consistem em chaves de acesso que permitem a plataformas externas aceder às informações do WhatsApp e tornam possível a gestão de um maior número de conversas, dispondo ainda de muitas outras funcionalidades.

Esta solução é estudada para as empresas de grandes dimensões que pretendem utilizar uma única conta de WhatsApp, e estruturar uma equipa de venda ou apoio que pode então responder a diversas conversas a partir do mesmo número WhatsApp.

Com a plataforma da Callbell é possível utilizar o WhatsApp multi-agente e aceder a numerosas funcionalidades estudadas especificamente para otimizar as conversas a receber no WhatsApp e nas principais aplicações de mensagens instantâneas.

O WhatsApp obriga os seus usuários a aceitar os novos termos de utilização: eis porquê

WhatsApp adia 3 meses a atualização dos seus termos de utilização

Algumas entidades reguladoras italianas não perderam tempo e expuseram as suas dúvidas ao European Data Protection Board. As suas preocupações têm que ver com a falta de clareza no tocante aos dados que podem ser partilhados com partes terceiras.

Segundo a autoridade italiana para a privacidade, não haveria o tempo necessário para os usuários compreenderem claramente que tratamentos de dados serão efetuados em concreto após o prazo previsto.

Também as autoridades indianas solicitaram abertamente o adiamento da obrigatoriedade de aceitar os termos, para dar a possibilidade aos cidadãos e às próprias entidades públicas de compreenderem quais podem ser as implicações das novas regras do WhatsApp.

Estas pressões de natureza política levaram o grupo Facebook a adiar por 3 meses a obrigação de aceitar os novos termos e condições. O novo prazo para a aprovação está fixado para 15 de Maio.

Novas ferramentas para as empresas venderem no WhatsApp: eis o que esperar

Mas as novidades do WhatsApp para 2021 não ficam por aqui: o colosso das mensagens instantâneas está de fato a lançar novas ferramentas muito úteis para as empresas e para os usuários que pretendem comunicar com elas.

Uma das principais novidades consistirá na introdução do botão de compras, que permitirá aos usuários adquirir bens ou serviços diretamente no chat. Contudo, ainda não é claro como será possível efetuar os pagamentos no interior da aplicação.

I cataloghi, già presenti nella versione di WhatsApp Business, si arricchiranno con le nuove API, che mirano ad assimilare Instagram Shopping ed incentivare l’utente ad acquistare i prodotti offerti dai brands in modo immediato.

Os catálogos, já apresentados na versão do WhatsApp Business, serão enriquecidos com as novas APIs, que visam equiparar-se ao Instagram Shopping e incentivar os usuários a adquirir os produtos oferecidos pelas marcas de forma imediata.

Os usuários não corporativos, por último, poderão beneficiar de novidades adicionais, ou seja: as videochamadas do WhatsApp Web, e a chamada modalidade férias, com a qual se poderão mover as conversas indesejadas para um arquivo especial.

Novos termos de utilização do WhatsApp
964aef37cbd523c1a8d2250157bf3829?s=100&d=mm&r=g - O que muda com os novos termos de utilização do WhatsApp

Sobre o autor: Olá! Eu sou Alan e sou o gerente do marketing da Callbell. a primeira plataforma de comunicação projetada para ajudar as equipes de vendas e suporte a colaborar e se comunicar com os clientes por meio de aplicativos de mensagens diretas, como WhatsApp, Messenger, Telegram e (em breve) Instagram Direct